Dominação virtual ou Dominação à distância.

Publicado: 13 de dezembro de 2008 por rainhafragil2 em Artigos, BDSM e Fetiches, Opinião

Eu gosto de separar bem direitinho essas duas idéias. Na verdade, dominação virtual  é a dominação à distância, porque “virtual” ganhou esse significado por causa da internet, e para definir justamente “relacionamento à distância”. Mas eu so dá época do sexo virtual mesmo, rs. Então, o sexo virtual era uma coisa assim: “Agora eu tô tirando a calcinha, toda molhadinha” E do outro lado o sujeito digitava ” E eu to com o pau bem duro, gostosa!”.  Nem havia cam nessa epoca, né? A hora do orgasmo era algo sensacional.  “UHAOAOSOER” “JSUORQPEAA”  que significava que vc estava batendo convulsivamente no teclado… rs. Uma coisa assim… descontrolada!!

Pois viu como conheço?

Eu tirei umas ondas de sexo virtual anos atrás… Muitos anos, rs.

E acho que um monte de gente também curtiu porque quando você fala em Dominação Virtual as pessoas pensam que vai nessa linha… ” Agora eu estou com as mãos amarradas, magnânima Senhora”  Ao que hoje eu, intrigada, perguntaria: “Ah sim, e pode me dizer como é que está digitando?”

Então, para efeito deste post, vamos falar em Dominação à Distância.

E se  digo Dominação, estou me referindo a uma relação essencialmente D/s.

E passa muito longe das relações superficiais propostas por aqueles escravos que se “atrabancam” no meu msn e imploram do nada: “Me domina!”  “Me domina!”

Dominação  é um processo lento. E à distância esse processo só não será mais lento se a pessoa do outro lado for uma pessoa criativa, disposta e franca.

A palavra escrita deciframos, compreendemos, racionalizamos. E para viver algo intensamente à distância é preciso que a palavra além de tudo isso, nos faça sentir.  A vantagem delas sobre todas as outras formas de expressão é que elas ficam registradas então é preciso coerência.  Quando não há verdade, abre-se imediatamente um abismo de contradições. Diria o Caetano:  “Clareza na expressão de cada sensação”

E assim, os quereres, os limites, as emoçôes…

Num primeiro momento acho importante definir até onde vai essa dominação. Obviamente que quem optou por esse tipo de relação tem imensas limitações em sua vida cotidiana. Então gosto de delimitar esse espaço porque vai acontecer no cotidiano também essa dominação. Não. Ela não começa e termina no msn ou numa troca tola de e-mails.

Vai adiante.

Eu gosto do jogo de ocupar espaços. De ver o outro se debater pra depois aceitar. Jogo delicado, de andar pelas beiradas.

About these ads
comentários
  1. Pândego Endiabrado disse:

    Tem razão… Seja livre ou morra!!!

    Está é a lei.

    As Mulheres Mais Gatas Do Mundo
    http://asgatas.wordpress.com/

  2. rose disse:

    Eu fiquei um grande tempo sem vir aqui, na verdade sem ir ou vir a nenhum blog BDSM, não tenho entrado no msn, não tenho conversado com meus amigos “perversos”, não posto no orkut nem no meu blog. Ou seja, estou em recesso.

    Hoje, vim procurar o blog da Via Libido pra indicar pra uma amiga baunilha as postagens do pompoarismo (no fim dei minhas bolinhas tailandesas que sequer havia tirado da embalagem de presente para ela, essas minhas amigas, não sei negar nada)

    Li todas as suas postagens, gostei bastante dessa daqui da dominação a distancia, é um dos dogmas não é? Um dos pontos de discussão em comunidades. A Sra explicou muito bem o que é a coisa, achei bacana e me deu tesão.

    Que droga!

    Tenho fugido de meu tesão há meses, me reprimido, numas de resolver sair “pede pra sair!” aí li essa sua frase abaixo:

    “Mas meus desejos não são inteligentes, são instinto, né?” e que droga. É isso mesmo, meus desejos não são nem um pouco inteligentes :( eu os reprimo comprimo mas eles ficam aqui… e vez ou outra me pegam de soslaio, vêm (esse acento caiu mas eu gosto dele) me puxar pelo pé de noite.

    Deido continuar na tentativa vã de reprimir, comprimir e não exprimir mais em público pensamentos libidinosos na tentativa que eels subitamente sumam de minha mente. Quem sabe? Milagres acontecem.

    Ahhh

    Em tempo:

    O troço de colocar nas bolinhas dos meninos é tudo de maravilhosamente horripilante :p eles são sortudos, têm um Dona malvaDona que gosta de se relacionar e que cuida, que investe.

    Beijos a todos, qq dia volto.

    rose

    • Elisabeth Andrade disse:

      Mas Rose, é verdade.
      Acho que o desejo pode ser divido em partes.
      E a parte do desejo que eu coloco nas relações D/s passa mesmo pela obediência do escravo.
      Então, se ele desobedece uma vez, tudo bem, pode ser castigado.
      Mas se desobedece a segunda vez, depois que todos os limites já foram discutidos, que tudo foi negociado… Ah, dai meu tesão já vai pro espaço.

      Se a relação começa em D/s com alguém que me abordou já dentro desse contexto, então eu não vejo possibilidade de retomar. E sofro por isso. Porque eu conscientemente gostaria de batalhar mais por algumas relações que são especiais,mas todas as relações em que me envolvo são muito especiais. Eu sou muito intensa, né? Então, eu meto o pé na jaca. Vou com tudo pra cima mesmo. E dai, eles tem que entender que me decepciono com a mesma intensidade. E tem que cuidar mais se querem estar comigo.

      Eu me deixo cativar com muita facilidade mas sou ágil como um bicho acuado pra sair fora. Não quero me machucar nem machucar as pessoas.

      Obrigado por ter aparecido aqui e lá na comunidade.
      E obrigada por indicar o blog da Via Libido

      Muita saudade de voce!!

  3. Queila disse:

    Beth…vc sempre me surpreendendo…sempre. Bjs.

  4. all disse:

    Sou assumidamente leigo sobre este assunto-dominação sadomasoquismo etc.Já tive enteresse em pesquisar mais acho complicado por ter estado diante de uma dominadora.Confesso minha curiosidade obriga-me sempre visitar blogs como esse parece ironia do destino sempre fui contra mulher dominar homem mais as vezes penso destino não existe ou existe?.O que as senhoras dominadoras diriam se me avaliassem compromisso?talvez diriam éle é idiota!não sou me choco com ás descobertas que faço (dominar e ser dominado é liberdade ou a liberdade esta em não ser dominado-a?)th consciência que a vida se manifesta no viver livremente sua natureza desejo sem pedir licença ão mundo desde que th consciência do que quer p/si e possa seguir sempre avante .Mais o tema nos leva a reflexão mesmo no silencio dos nossos lábios.

    • rainhafragil2 disse:

      Ola All..
      Não entendi muito bem o seu post. Voce falou que já esteve com uma dominadora… Depois voce fala em ser avaliado sem compromisso.
      Não entendi direito “quem” ou “o que” estaria sendo avaliado. Você? A Dominadora? A Prática?
      Esclareça melhor o que realmene gostaria que acontecesse. Lembre-se que quase tudo é viável se as regras estão claras.

  5. luciana disse:

    oi rainha sou uma crossdecer submisa e dedicada moro proximo a fortaleza gostaria de saber se a senhora esta recrutando cadelas para o seu reino, real e virtual gostaria de ser havaliada pela senhora pra ver se o meu perfil e aceito pelo seu reino
    meu msn – lucianacrosscdzinh@hotmail.com

  6. Renan Rodrigues disse:

    Queria sinceramente que me desse a honra de conhece-la..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s